lua cheia, Sem Categoria

Hiking noturno – SUPER LUA ROSA 26/04/21

Esse dia foi um dia cheio de “coincidências”. Coloco entre aspas pois sei que tudo acontece da forma que tem que acontecer e na hora que precisa acontecer.

Eu e a Jé estávamos conversando sobre ir ver o nascer na Lua Cheia na ilha do mel, no final de semana e eis que surge o convite de uma amiga para assistir o Nascer da Super Lua Rosa em um morro, aqui perto de Curitiba. O SIM foi na hora, BORA! Nós somos assim, quando sentimos que algo precisa ser feito, vamos lá e fazemos.

Fomos com um grupo de dez pessoas para fazer o hiking no Morro do Cal, em Campo Largo. Esse morro é conhecido pelos mais belos poentes próximos de Curitiba e quando descemos do carro, lá estava o Sol se pondo. Que paisagem mais incrível, tiramos algumas fotos e começamos a subir.

A trilha para o topo do morro é considerada uma caminhada fácil (para quem é acostumado a fazer esse tipo de exercício), leva em torno de 40 minutos, então subimos tirando fotos da paisagem que estava linda demais.

Quando estávamos a poucos minutos no final da subida, olhamos para o horizonte e lá estava ela, a SUPER LUA ROSA nascendo e do outro lado o Sol se pondo. Foi uma cena indescritível, chegamos a nos emocionar com tanta beleza e mais uma vez agradecemos por presenciar a perfeição da natureza.

A lua é chamada de “SUPER LUA” quando está cheia e no seu ponto de órbita mais perto da Terra, que é chamado de perigeu e o nome super lua ROSA foi dado por tribos indígenas que classificavam a passagem das luas cheias de acordo com o nascimento das flores, nesse caso são as flores rosas Phlox subulata e marcando o início da primavera no hemisfério Norte.

Chegamos ao topo e ficamos observando, meditando e agradecendo. Eu e Jé temos um ritual de fazer uma meditação de co-criação na Lua Cheia, nós acreditamos que todos temos o poder de criar a nossa realidade através dos nossos pensamentos, sentimentos e ações. E na Lua Cheia a energia de criação é ainda mais intensa.

Finalizamos a meditação e adivinhem o que estava nos esperando? Café na montanha!! O convite da nossa amiga foi tão completo que o grupo que acompanhamos fez um café delicioso no topo da montanha, digno de ser chamado cafézão de hotel mesmo kkkkk com direito a pãozinho sem glúten, café passado na hora e os especiais da noite: ovinho de codorna frito na hora e sopa de mandioquinha no pão italiano. Obrigada @espiritoaventureirooficial, estava uma delícia.

Logo após comer, uma névoa cobriu a lua e o topo inteiro da montanha, com ela veio o frio. Ainda bem que já era hora de descer. O Morro do Cal é muito legal pois eles possuem um serviço de levar e trazer as pessoas do pico com um trator, então isso dá acesso à pessoas com menos mobilidade. Nosso grupo voltou todo pela trilha, essa foi a nossa primeira na escuridão da noite. Recomendo usar uma lanterna de cabeça, mas quem não tem pode ser uma normal mesmo, compra depois se gostar da experiência (eu comprei a minha no dia seguinte ahhaha).

Gratidão aos envolvidos nesse dia tão especial e cheio de amor. #moonlovers

Beijos de luz, Carol!!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *